segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Raksha Bandhan- "Rakhi" Purnima e chaturmasya.





































































Raksha Bandhan, expressão que pode ser traduzida por “o laço de proteção” no dia da lua cheia do mês de Sravan , 9 de Agosto, "Rakhi" FRATERNIDADE é a palavra chave!
Neste momento de exercitar a prática espiritual, foi muito gratificante observar, que após refletir na devoção e amizade de Balarama com Krishna e os meninos vaqueirinhos, como é importante manter a chama da fraternidade, do amor entre irmãos biológicos e também is irmãos espirituais, por que não a toda a humanidade? Afinal Deus é um só, e somos todos seus filhos! com certeza o mundo seria muito melhor se a fraternidade fosse exercida neste e em todos os dias de nossas vidas!

Tudo ou Nada?

Você já acordou e sentiu o cheiro das estrelas,
O gosto de um olhar verdadeiro
o toque que ao vibrar produz uma canção
viu a verdade na forma de luzes coloridaas, com os olhos fechados?
è tão bom saber que temos tudo
que somos parte de um grande e vivo entrelaçado todo
que nos faz perceber partes tão perfeitas que parecem o todo
e o todo tão imenso que cabe na ponta da nossa língua
Isso é a vida esta história cheia de estórias
esta mentira cheira de verdades
esse silêncio que estremece
o mover-se que expande
e contrai o movimento eterno
e imobiliza o presente
como prova de Amor!

Eni ma



sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Ganesh Chaturthi 2009








OM GAM GANAPATAYE NAMAH


Ganesh Chaturthi


Sunday, August 23th, 2009

Lord Ganesh

We will purify our lives
we will clean our home
to receive you at the base of our spine.
Son of Lord Shiva and his healing power and unconditional love of the Divine Mother Parvati
Come to His faithfulness, intelligence and discriminative power;
with your ability to cancel the dualism and we have objectivity in the direction to follow.
Help us to develop the ability to listen to people who seek help.
Give us insight to reflect the spiritual truths ...
The strength to follow the discipline of Gurudev, and thus distinguish between real and unreal, right or wrong at every step
Bring to us in earnest meditation liberation from the limitations of past present and future!
On your belly is all the cosmos, the bounty of nature and equanimity
Lord Ganesha that its power to swallow the sorrows of the Universe and protect the world!
Expand more and more, as well as our devotion to Gurudev, who protects and frees.
Teach us the art of living in the world without being of the world.
With your four arms Mind Intellect, Ego and Awareness:
Teach us detachment and complete surrender to Pure Consciousness.
With your ax destroy the obstacles to our fulfillment in God;
the desires that bring pain and suffering
help us to brave the path of truth and righteousness
the power of her whip that represents the discipline of our Gurudev reveal the ecstasy of devotion.
When the desires and attachments are left, we can live the truly divine love!
His abhaya: blessing, refuge and protection be with us always
And padma: lotus flower you have in your hand makes us revive the mud of ignorance to the highest goal of human evolution, our true self realization: The Immortal Atman
That their dance with Mother Saraswati allows us to express with art, wisdom and culture to our devotion!
Moreover, with Mother Lakshmi: prosperity for a dignified life for all, the beauty of the service, kindness and solidarity.

OM GANESH NAMAH


JAI GURU OMKARA


Humbly whit devotion


Eni ma



Domingo,23 de Agosto de 2009


Senhor Ganesh

Nós vamos purificar nossas vidas

Nós vamos limpar nossa morada

Para receber você na base da nossa coluna.

Filho do senhor Shiva e seu poder regenerador e do amor incondicional da Mãe Divina Parvati

Venha com Sua fidelidade, inteligência e poder discriminatório;

Com sua habilidade de anular o dualismo e ter objetividade na direção.

Ajude-nos a desenvolver a habilidade de escutar pessoas que procuram ajuda

Dê-nos discernimento para refletir as verdades espirituais

A força para seguir a disciplina do Gurudev, e assim distinguir entre o real e o irreal, o certo ou errado a cada passo

Traga até nós na meditação sincera a libertação das limitações do passado presente e futuro!

No seu ventre está todos os cosmos, a benevolência da natureza e equanimidade

Senhor Ganesha que seu poder de sugar os sofrimentos do Universo e proteger o mundo;

Se expanda mais e mais, assim como nossa devoção ao Gurudev, que nos protege e liberta.

Ensine-nos a arte de viver no mundo sem ser do mundo

Com seus quatro braços: Mente Intelecto, Ego e Consciência

Ensine-nos o desapego e a entrega completa à Consciência Pura

Com seu machado destrua os obstáculos à nossa realização em Deus,

Os desejos, que trazem dor e sofrimento

Ajude-nos a desbravar caminho da verdade e da retidão

Que o poder de seu chicote e a disciplina do nosso Gurudev revele o êxtase da devoção,

Quando os desejos e apegos são deixados de lado e surge o verdadeiro amor divino

Sua abhaya: bênçãos, refúgio e proteção estejam sempre conosco

E a padma: flor de lótus que você tem em sua mão nos faça renascer da lama da ignorância para o alto objetivo da evolução humana, a realização nosso verdadeiro eu: O Atman Imortal

Que em sua dança com a Mãe Saraswati nos permita expressar a nossa devoção com arte, sabedoria e cultura

E com A Mãe Lakshmi a prosperidade para proporcionar vida digna para todos,com a beleza do serviço, gentileza e solidariedade.

OM GANESH NAMAH


JAI GURU OMKARA


Humildemente, com devoção


Eni ma


JAI GURU OMKARA





quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Encontro para celebrar o aniversário do Guruji
























Nós , seus filhos de São Paulo, fizemos uma meditação especial no domingo passado, dia 16.
Nosso encontro foi na casa de um colega do grupo na Granja Viana, das 10:00 às 14:00 horas, ocasião em que unidos pedimos a Deus que nosso querido Prajnananandají tenha muitos anos de vida para continuar o maravilhoso trabalho de Baba, muita saúde para aguentar tantas viagens, muita compaixão para nos ajudar a trilhar o caminho para o Divino.

Obrigada,
Clemir e Voluntários do Kriya Yoga Institute - Centro São Paulo


O Papel do Guru

O Guru ou preceptor é indispensável para a prática espiritual do discípulo. Ele preserva o bem estar físico, mental e espiritual do discípulo. Destrói os efeitos do mau Karma e os desejos primitivos e conduz o discípulo em direção à luz.

Ele é um sábio liberto que está livre de desejos, egoísmo, do “sentimento do eu”, apego, cobiça e ódio. Está cheio de puro amor divino compaixão e misericórdia. Capaz de perdoar e guiar o discípulo no caminho da luz.

O Guru é Deus em sua manifestação pessoal.

Gu significa o invisível, isto é, Deus, enquanto Ru significa o visível.

O invisível usa o visível como seu instrumento. O Guru é aquele que atingiu completa realização em Deus. Assim é o mestre do caminho espiritual e ele pode ajudar seus discípulos se estes estiverem sintonizados com Ele. Ele é o responsável por seus discípulos até que atinjam a libertação. Por isso o relacionamento entre o Guru e seus discípulos é eterno.

Se uma pessoa segue seu Guru com persistência, certamente progredirá rápido no caminho da realização do Ser, pois o Guru transforma a mente do discípulo para a Divina consciência, onde ele conceberá unidade, divindade, salvação, paz e alegria.

Todos os verdadeiros Gurus estão vivos, independente de manterem suas formas físicas ou não. A memória divina da alma precisa ser desperta, uma vez que esqueceu sua verdadeira natureza devido à prisão do corpo e da matéria e isso só é possível com a ajuda do Guru.

E só então iremos descobrir que somos Deus.

Tudo é Deus e não existe nada além de Deus.

Esta é a verdade última e profunda que será realizada.

No começo da vida espiritual podemos ter muitos professores, mas só pode haver um Guru. O Guru é a incorporação viva da verdade espiritual. Deus sempre manda seus representantes para aqueles que sinceramente buscam por ele, aqueles que possuem um genuíno desejo de progresso espiritual.

O Guru é o mentor espiritual. Ele treina seu discípulo para estar pronto e apto em todos os aspectos para alcançar a Realidade Suprema. Baba dizia: Eu sou o professor, minha tarefa é treinar meus alunos para direcionarem suas vidas ao crescimento espiritual.

O Guru é a lâmpada da vida espiritual do discípulo, dissipando a escuridão de sua mente e coração. Assim ele não irá mais trilhar o caminho da escuridão que o leva à miséria e ao sofrimento.

Venha para o Guru com a atitude de aprender, pois Ele é o conhecedor da técnica necessária para a realização do Ser. E se você praticar a técnica dada por Ele, com amor e devoção, você permanecerá equânime, que é a chave para o desenvolvimento espiritual.

Basta amar e seguir o Mestre (Guru realizado) para superar os problemas e dificuldades da vida e alcançar sua meta satisfatoriamente.

Sua percepção é muito pequena até que você sinta a unidade com o Guru e, por fim, com Deus. Se você quer realmente corrigir-se e mudar a si mesmo, precisa ter fé incondicional, amor e lealdade a seu Guru.

O guru é a melhor companhia. Através de sua companhia você é capaz de remover todas as suas más qualidades. Siga estritamente seu Guru, cada passo de sua vida fará progresso.

Você conhecerá a Deus se permanecer humildemente com o Guru.

Medite em Deus e seja Deus.

Medite no Guru e seja o Guru.

Aceite o Guru como o seu eterno guia, pois assim como Deus é seu melhor amigo o Guru é seu melhor amigo.

Ame-o e sirva-o

(trecho do livro "Gotas de Néctar", de Paramahamsa Hariharananda)





sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Arati para Krishna Vande Jagat Guru e os Mestres da Kriya Yoga


Árati
O Árati é uma cerimônia predominantemente hindu, apesar de fazer parte de outras tradições religiosas. Consiste em oferecer a Deus círculos de luz feitos com uma lamparina de um, cinco ou mais pavios acesos. Também denominado Mangala–Árati, é uma maneira de servir a Deus com elementos do Universo criado por Ele. As horas sagradas para a realização do Árati são a madrugada e o crepúsculo. No Árati vespertino, Deus, em suas diversas formas, é venerado com luz e às vezes com água, um lenço, uma flor e um abanador.

Universo é constituído de cinco elementos. No princípio era Um, que deu origem a cinco elementos sutis: som, aroma, tato, forma e sabor, que se tornaram espaço (éter ou vácuo), terra, ar, fogo e água. Toda a criação — sutil e densa — resulta desses cinco elementos, cuja representação oferecemos a Deus ao oscilarmos a lamparina. É como se a Ele disséssemos: — A Ti ofertamos, com toda humildade, o que de Ti recebemos. Proteja-nos, nós Te pedimos. — Deus não tem forma, mas para benefício do devoto Ele assume várias formas. Deus em seus dois aspectos — com forma e sem forma — pode ser adorado com esses cinco elementos. Quem for realizar a cerimônia do Árati deve fazer com a lamparina três círculos na altura dos pés, do abdômen e do rosto, terminando com três círculos em volta da deidade, se estivermos adorando Deus numa imagem.Tudo é Deus, mas podemos adorá-Lo por intermédio de suas sagradas representações, nas quais Ele se manifesta com mais intensidadel, quando a cerimônia do Árati é realizada, cantamos bonitos hinos de louvor a Deus.

ARATI (Daly Prayers)

YOU ARE MY MOTHER

tvameva mãtã ca pitã tvameva
tvameva bandhusca sakã tvameva
tvameva vidiã dravinam tvameva
tvameva sarvam mama deva deva

SAMARPANAM ( Offering)

kãyena vãcã manasendriyairvã
buddyãtmanã vã prakrteeh sabhãvat
karomi yat yat sakalam parasmai
nãrãyanayeti samarpayãmi
nãrãyanayeti samarpayãmi
sri ma nãrãyanayeti samarpayãmi

Om tat sat


O que fazer ?

Deixar que Deus guie nossos passos
Não somos nada sem Ele
Nada fazemos
Nada sabemos
Nada podemos
Entrego a você meu Guru minha vida
Porque você é o Mestre Realizado da Kriya Yoga entre nós
então, está com todos Eles
Porque você é Brahma, Vishnu e Maheswara
Você é Shiva e Parvati, Durga e Kali
Vishnu e Lakhmi
Brahma e Saraswati
Você é a lua cheia ( purnima)
que dissipa a escuridão
Permita que eu seja instrumento da sua divindade
Aceite meu modesto serviço
Aceite minha devoção

I bow to you

Eni ma

Janmashtami 2009

Gita 12.2-4



Krishna é um purna-avatara de Vishnu, ou seja, um avatar total; pois existe avatares que se manifestam parte numa e parte noutra pessoa, em tempos diferentes, uma vez que, o que está implícito da descida da porção plenária de Vishnu é o karma, ou seja, Seu trabalho junto aos homens para restabelecer o Dharma adequado. O restabelecimento do Dharma, do reto agir, e que o governo do mundo volte às mãos de quem tem direito real, é a causa e motivo da batalha de Kurukshetra.


Gita 12.2

O Senhor Krishna disse: “Eu considero o melhor dos Yogis aquele que é sempre constante e devotado, que Me adora com suprema fé, por fixar a sua mente em Mim como seu Deus Pessoal”.

Gita12.3-4

"Também Me alcança quem devota o imutável, o inexplicável, o invisível, o onipotente, o inconcebível, o imóvel, o sem forma – Meu aspecto impessoal – controlando todos os sentidos, mesmo em meio a todas as circunstâncias, e se ocupam no bem-estar de todas as criaturas."


Oh Senhor Krishna!


Todos os dias ao despertar e ao me deitar para dormir

Entrego a Você o meu dia, existência, devoção e serviço

Não importam os resultados que eu consiga perceber

Desde que a Sua vontade seja realizada

Obrigada por ter vindo a este mundo nos mostrar a verdade Absoluta

Com sua força destrói os demônios que insistem em nos seduzir

Mas o Seu amor é mais atrativo, sua beleza é mais pura, sua misericórdia é infinita

Em Kuruksetra as guias da carroagem estão em suas mãos

Controle nossos sentidos e nos conduza ao centro da alma

De onde as flechas do karma e do dharma podem ser certeiras

Com Lord Shiva nos ensine a sentar noNada Bindu, na conexão cósmica

Na Lua cheia de amor devocional que irradia

até os Pés de Lótus do Guruji

Onde encontramos a Sua Paz e Realização!

Krishna Vande Jagat Guru

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Manter a disciplina ao Guru: Chaturmasya.



acchedyo'yam adahyo'yam / akledyo 'sosya eva cha

nityah sarva-gatah sthanur / acalo yam sanatanah


"A alma individual é irrompível e insolúvel e não pode ser queimada e nem seca. A alma é permanente, está presente em toda parte, é imutável, imóvel e eternamente a mesma.” (Bg. 2. 24)


1-Somos centelhas vivas da Divindade.
Nossa existência material é manifestação da Energia cósmica vibrando.
Os seres humanos podem atingir a supraconsciência. Todos os seres humanos possuem matéria, vida e mente, mas além disso somos moradas da Alma ( é um entidade psíquica em torno da qual corpo, vida e mente se organizam para constituir uma entidade individual, que armazena experiênciaas singulares conservadas mesmo depois que ela muda de corpo,vida e mente"
O espírito é Deus o self é Deus que se manifesta sob a forma humana por meio do corpo e da mente.Quando nos unimos ao self nos unimos ao universo!

Nosso corpo material é composto de 24 elementos materiais: Prakruti
5 orgãos de percepção ( Jnanendryas)
5 sentidos
5 orgãos da ação (karmendryas) vak(fala), pani (mão) pada( perna) payu ( reto) upasha (genitais)
5elementos sutis (tattvas) prityvi (terra), apas(agua) agni (fogo) vayu (ar) akasha (éter ou vácuo)
4instrumentos internos : manas(mente), buddhi (intelecto) e ahamkara ( ego) e chitta (meio de apreensão da natureza)

E 1 elemento não material: PURUSHA ou alma ( poder de Deus que guia a força vital de cada ser humano) Purusha é responsável também pela kundalini maya.

O corpo denso é pindam, mas tem 24 Kundalini Shaktis nas 24 partes do corpo.

O objetivo das práticas de meditação em Kriya Yooga é liberar Shushumna de Ida e Pingala, para que a energia divina tome conta da nossa medula e encéfalo para assim chegar ao centro da alma e o Nada Bindu ( o átomo de conexão com Bramahan) .
Temos 7 chacras por onde a energia Shakti é conduzida, mas existem tres nós que só podem ser desfeitos com a purificação de um SadGuru , o nó de Brahma Granthi ( onde fica a consciência humana e pode ser subjulgada pelos desejos materiais e sensuais) entre o cóccix e cchacra do umbigo, o Nó de VishnuGranthi do centro do umbigo até acima da pituitária ( o mundo exterior é o grande obstáculo) e o terceiro Rudra Granthi entre a pituitária e a fontanela) presença divina . Desfeito este terceiro nó o praticante atinge Chidakasha ( força vital) Parakasha ( fogo interior) Darakasha ( nada- ou supraconsciência) Atmakasha ( consciência cósmica) Mahakasha estado sem pulso ( nirvakalpa Samadhi)


2- Sadhana (adoração ou prática espiritual)


Não devemos seguir nossos sentidos e mente descontrolada, podemos conhecer a realidade através da prática espiritual. A intuição pode ser desenvolvida com a meditação( dhyana e samadhi) , as técnicas milenares da Kriya Yoga.

Os cinco sentidos fazem com que a pessoa permaneça encantada com o mundo externo ( maya)e suas infelicidades. Por isso a aprendemos a controlar os diferentes estados de consciência, saindo da prisão da animalidade e racionalidade para manifestar a consciência divina.




Kriya Yoga: Kry : realizar cada ato cotidiano
ya: conciência divina
Yoga : união do corpo visível ( age) e invisível( controla a vontade)

Karma Yoga: servir á humanidade sem egoísmo ou expectativa de recompensa.

Jnana Yoga : percepção clara da Verdade : Deus é Brahman o Espírito do Universo

Prema Bakti Yoga: Serviço devocional trancedental executado em amor puro a Deus e ao Guru.


Guru é simultaneamente Brahma,Vishnu e Shiva, Ele cria , para os discípulos sinceros e obedientes,novos sanskaras ( impressões psico-emocionais do passado) que geram novas vasanas (crenças, tendências e padrões) capazes de liberar os tres nós de energia ou Granthis e motivar a Libertação do sansara.



GU o invisível (DEUS) RU o que é visível O INVISÌVEL usa o VISÍVEL como seu INSTRUMENTO


orar, orar, orar aos pés de lótus do Gurudeva ,
meditar, meditar, meditar aos pés de lótus do Gurudeva
servir,servir,servir
aos pés de lótus do Gurudeva
adorar,adorar,adorar os pés de lótus do Gurudeva

Brahma Granthi está relacionado , o poder de agir, de atuar. Este poder de agir enquanto identificado com a energia ilusória da criação, amarra o homem ao plano denso da materialidade, ao nível mais tamásico (Guna Tamas).
Também está relacionado ao anéis musculares pélvico e abdominal, da psicologia Reichiana.
Romper o Brahma Granthi leva a agir-se como o ator, e não mais como o personagem, no interminável drama da vida.E Hatha Yoga (o Yoga da saúde psicofísica) e Karma Yoga (o Yoga do desapego) são os caminhos indicados para este nível, e seu desbloqueio desidentifica o homem do seu egocentrismo.
Superar o Brahma Granthi significa usar positiva e equilibradamente a determinação, a objetividade, a coragem, o cuidado com a saúde e a beleza do corpo, a prosperidade material, a paternidade.
E o deus hindu Ganesha está relacionado a este Granthi, na medida em que o deus com cabeça de elefante simboliza nosso próprio poder de abrir nossos caminhos, vencer nosso medos, superar nossos obstáculos e crescer.

O segundo Granthi é Vishnu Granthi, o nó que se localiza na região do Anahata Chakra (elemento Ar) que é o chakra da afetividade, dos sentimentos, do amor, da compaixão.
Vishnu é o aspecto divino relacionado com o Amor (Rama, Krishna, etc.), que transforma emoção em devoção (amor e devoção pura) .
O Anahata chakra está relacionado à glândula timo e ao prana Prana (elemento Ar), que rege as funções pulmonar e cardíaca, e circula em fluxo ascendente (ao contrário de Apana), gerenciando tudo aquilo que é absorvido (em todos os sentidos).
Este segundo nó faz com que a pessoa crie "gostos e desgostos" e apego por estes objetos e pessoas.
O fanatismo religioso é uma característica dos obstáculos criados por este nó.
Vishnu Granthi . Quando enredado por Maya (ilusão da separatividade), e sob o impulso da Guna Rajas, o homem cria desejos e necessidades segundo seus instintos e seus apegos. Quando o desejo se sutiliza o homem desenvolve mumukshutwam, o desejo pela liberação, pela consciência da Unidade.
Romper o Vishnu Granthi leva a uma interação afetiva desimpedida, abrindo caminho ao Amor Total que leva o homem a amar indistintamente toda a Criação, expressando plena e equilibradamente as suas emoções e dissolvendo suas couraças afetivas e relacionais.
Possibilita ainda que não se reprima nenhuma emoção vivenciada, ao contrário, que se perceba a emoção, que se sinta, se expresse e deixe que passe.
Bhakti Yoga (o Yoga da devoção e do amor universal) é o processo, no universo hindu, mais indicado para trabalhar este Granthi, e Prema (o amor universal) é o coroamento deste processo.

Shiva ou Rudra Granthi faz com que o homem se perca na intelectualidade vazia e estéril, não instrumentalizando eficientemente seu complexo psíquico para a auto-realização.
Perder-se no caminho em função da aquisição de siddhis (poderes psíquicos) quando isto desequilibra o ego e a mente, também é um obstáculo relacionado ao Shiva Granthi.
O desejo pela liberação, pela consciência da Unidade, despertado no rompimento do segundo Granthi, faz com que o homem use sua mente e intelecto para questionar e refletir sobre esta Unidade.
Rompido Shiva Granthi obtem-se a visão da Realidade Absoluta. Sattwa Guna é o impulso que permeia este nível.
Jñana Yoga ( o Yoga do Conhecimento e da Sabedoria) e Raja Yoga (o Yoga da meditação) são, dentro da perspectiva hindu, os caminhos mais indicados para trabalhar e superar este Granthi.

Jai Guru


Om Tat Sat Om





quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Balarama-Purnima fim do primeiro mês de chaturmasya.



Senhor Balarama é o adi-guru, o mestre espiritual original. Na Chaitanya Lila,o Senhor Balarama aparece como Senhor Nityananda, o Liberalismo de misericórdia para a mais caída condicionada alma. Assim, a sua vinda como o filho de Vasudeva Rohini e é comemorado com grande alegria por devotos. Na véspera do Balarama-Purnima, uma cerimônia adhivasa é realizada na noite para invocar auspiciosidade. No dia da Balarama-Purnima, até meio-dia os Murtis de Krishna-Balarama estão agradavelmente decorados e mantidos no altar plataforma. Uma variedade de doces, chutneys, arroz, sabjis, bolos e doces são oferecidos. Suas flores são oferecidas nos seus pés de lótus e um maha-arati é realizado. À noite, devotos comemoram Lord Balarama ao quebrar um pote de mel. Um enorme pote contendo mel e maha-prasada é amarrado em um poste. Alguns devotos com olhos vendados, tentam quebrar o vaso usando uma vara O vaso se move para cima e para baixo. É um momento divertido para os devotos assistirem e participarem. Mesmo que todos estão ansiosos por um sabor do mel, quase ninguém pode acertar o pote. Quando o vaso está quebrado, devotos saborear o mel e os maha-prasada. Tal acontecimento nos dá um vislumbre da bem-aventurança que as gopis poderiam ter desfrutado na companhia do Senhor, enquanto quebravam os potes em Vraja. Balarama-Purnima também marca o fim de Jhulana-YATRA e o primeiro mês de chaturmasya.



Jnanasim,a espada do conhecimento, é dada por Krishna, e quando alguém serve o guru e Krishna para segurar a espada das instruções de Krishna, Balarama dá a força


BALARAMA é a primeira expansão pessoal do Senhor Krsna, a Suprema Personalidade de Deus. Todas as outras encarnações se expandem dEle. Nos passatempos do Senhor Krsna, Ele atua como o irmão mais velho de Krsna. Juntos, Krsna e Balarama executam muitos passatempos como pequenos vaqueiros na terra de Vrndavana. O Senhor Balarama carrega um arado e uma maça e é conhecido por Sua grande força.


BALARAMA(बलराम), também conhecido como BALADEVA E BALABHADRA

Jagannatha significa "Senhor do Universo" , os védas mencionam que Jagannatha é Krishna. Baladeva é seu irmão, e Subhadra é sua irmã. Krishna e Balarama se situam do lado esquerdo e direito de Subhadra.
Ao ouvir a narração de Krishna Rohini ,dos íntimos passatempos em Vrindavana. Krishna e Balarama tornaram-se extáticos, e seus sentimentos internos foram expostos externamente. Seus olhos se tornaram dilatados, suas cabeças compactadas em seu corpo, seus membros e retraídos.

Vendo estas transformações em Krishna e Balarama, Subhadra também ficou extática e assumiu uma forma similar Jagannatha, Baladeva e Subhadra : mahabhava-prakasha, a extática forma de Krishna. Mahabhava significa "o maior êxtase", e prakasha significa "manifestação. Na forma de extase de mahabhava é comparada com um oceano.

No passatempo com o Rei Indradyumna, um gigante flutuou sobre o oceano. Do mesmo modo, as formas de Jagannatha, Balarama e Subhadra flutuam sobre o oceano de mahabhava.
jaya jaganatha , jaya baladeva , jaya subhadra !!!














Senhor Balarama, Laksmana, Baladeva,Balabhadra!


Nos cubra de misericórdia e nos ensine a usar a espada do conhecimento!
Nossos olhos não podem ver a sua Luzes ilumine a esccuridão que nos cerca!
Precisamos sua ajuda para receber a disciplina do nosso amado Guru Sattva em chaturmasya.
Adoce nossas mentes, adoce a nossa mente emocional localizada no anahata chacra com emoções sublimes!
Adoce nossa mente intuitiva no ajna chacra com o conhecimento alma, do self imortal através da Luz divina!
Fortaleça nossos corpos físico, mental e causal com sua Maha Prasada!
Nos permita reverenciá-lo nos pés de Lótus do nosso Guru Adorado!
Nos purifique com o fogo sagrado da Kriya Yoga a cada dia a cada respiração!


I bow to you Gurudev


OM TAT SAT OM

















Mahasamadi do Swami Satyananda ( 02/08)




"Manmohan (Swmi Satyananda) nasceu de Mohini Majumdar e Tarabasini Devi em 17 de novembro de 1896, na casa de seu tio materno, em Bikrampur (Bangladesh). Ele foi um filósofo, cantor, compositor, poeta, assistente social e, acima de tudo, um discípulo talentoso e um verdadeiro mestre divino na linhagem do Kriya Yoga. Uma indicação de seu impecável amor pela humanidade, sem distinção de classe, casta ou religião, já era evidente quando, aos seis ou sete anos de idade, ele desprezou a arraigada tradição dos intocáveis em um evento social, na presença de seus parentes e amigos. Aos 10 anos de idade, a sua procura pela liberação estava profundamente enraizada, reforçando o seu desejo pela independência da Índia assim como pela liberação final da humanidade das garras dos sofrimentos mundanos, da escravidão e da preocupação com o corpo." do site http://www.kriya.org.br/


I BOW TO YOU!

MESTRES REALIZADOS COMO VOCÊ SÃO IMORTAIS

SUA PRESENÇA SUTIL É MUITO INTENSA NA MINHA VIDA

A SUA CORAGEM DE MERGULHAR PROFUNDAMENTE EM DEUS ME INSPIRA

SEU AMOR E LEALDADE AO AMIGO SRI YOGANANJI ME COMOVE

A DEVOÇÃO AO SEU GURU SRI YUKTESWARJI ME DÁ CERTEZAS

O AMOR E CUIDADO COM O PARAMAHAMSA HARIHARANANDA ME DÁ ALEGRIA

O SEU EXEMPLO DE VIDA E SERVIÇO ME ENCORAJA

PRESENÇA SUTIL E MARCANTE ENTRE NÓS ASPIRANTES, É FUNDAMENTAL

OBRIGADA POR TUDO

NOS ABENÇOE SEMPRE!


ENI MA





























HAPPY BIRTHDAY GURUJI 10/08/2009


Beloved Gurudev

I bow to you!

We do Not know to distinguish the real one of the unreal one Becomes attached Us to objects, persons, animal and our situations stored memory without wisdom.

We don’t have the control of our mind and the ignorance in the tappet for far from what is ourselves more precious.

We don’t have the control of the hurt we are conditioned by a lifestyle and values that are a lot far from the peace and of the truth.

We don’t obtain to see which the real objective of this existence is, and when we see do not we deliver with unconditional love to it.

We don’t not love the sacred scriptures as our Divine Mother, cheer and ready for ourselves orient. We don’t ask help to the Masters and to You, therefore our faith is tarnished by the our ego. We forget the as much as one we are flawed and like this. We don’t have patience with the other persons, in its situations and circumstances.

We will want to evolve, but we don’t pawn us in maintain a worthy, simple life and balanced.

By ignorance, we do not mobilize all our life for the achievement in God here and now. We Forgives ourselves our absences, our awkward way of serve Him correct always.

We are a small spark of the Divine grandeur of YourLight.

You are our Master because you obtained to know God in fullness and graces to your Love by us and by the Masters, you are here for us help.

We Are grateful to you eternally!

Eni Ma

Amado Gurudev
Eu reverencio Você e sua Divindade!
Nós não sabemos distinguir o real do irreal.
Apegamo-nos a objetos, pessoas, animais e situações armazenadas nossa memória sem sabedoria.
Não temos o controle da nossa mente e a ignorância nos leva para longe do que nos é mais precioso.
Não temos o controle dos sentidos somos condicionados por um estilo de vida e valores que estão muito longe da paz e da verdade.
Não conseguimos ver qual é o real objetivo desta existência, e quando vemos não entregamos com amor incondicional a ele.
Não amamos as escrituras sagradas como nossa Mãe Divina, viva e pronta para nos orientar.
Não pedimos ajuda aos Mestres e a Você, pois nossa fé é manchada pelo nosso ego.
Nós esquecemos o quanto somos falhos e assim não temos paciência com as outras pessoas, nas suas situações e circunstâncias.
Nós queremos evoluir, mas não nos empenhamos em manter uma vida simples, digna e equilibrada.
Por ignorância, nós não mobilizamos toda nossa vida para a realização em Deus aqui e agora
Perdoe-nos nossas faltas, nosso modo desajeitado de servir e nos corrija sempre.
Somos uma pequena faísca da grandiosidade Divina da Sua Luz.
Você é nosso Mestre porque você conseguiu conhecer Deus em plenitude e graças ao seu Amor por nós e pelos Mestres, você está aqui para nos ajudar.
Nós Somos gratos a você eternamente!
Eni Ma


sábado, 1 de agosto de 2009






















Kriya Yoga

Mergulhar no oceano cósmico da Consciência Divina, onde todas as galáxias são os limites para nossa fragilidade humana, enquanto seres presos ao estado físico da matéria e ao mundo da ilusão material. Mas é possível mergulhar por minutos, horas ou dias em estado profundo de meditação, quando somos apenas, som , luz e a energia divina, quando nosso corpo fica lá aguardando para sermos abençoado e lapidados como templos de Deus vivo em todas as suas formas...
OM TAT SAT NARAYANA